sábado, 17 de setembro de 2016

Andar ao lado não basta

“Simão Pedro e outro discípulo seguiam a Jesus. Sendo este discípulo conhecido do sumo sacerdote, entrou para o pátio deste com Jesus.
Pedro, porém, ficou de fora, junto à porta. Saindo, pois, o outro discípulo, que era conhecido do sumo sacerdote, falou com a encarregada da porta e levou a Pedro para dentro.
Então, a criada, encarregada da porta, perguntou a Pedro: Não és tu também um dos discípulos deste homem? Não sou, respondeu ele.
Ora, os servos e os guardas estavam ali, tendo acendido um braseiro, por causa do frio, e aquentando-se também.
Lá estava Simão Pedro, aquentando-se. Perguntaram-lhe, pois: És tu, porventura, um dos discípulos dele? Ele negou e disse: Não sou.
Um dos servos do sumo sacerdote, parente daquele a quem Pedro tinha decepado a orelha, perguntou: Não te vi eu no jardim com ele?
De novo, Pedro o negou, e, no mesmo instante, cantou o galo.”
 João 18:15-18;25-27
“Então, Pedro, saindo dali, chorou amargamente.” Lucas 22:62
        Simão Pedro, um dos discípulos de Jesus, esteve ao lado d’Ele em momentos marcantes, aprendeu com Jesus, foi testemunha dos feitos maravilhosos d’Ele, mas Pedro o negou.
        Esse fato nos ensina que precisamos do Senhor sempre, todo dia, em todo tempo. Precisamos vigiar sempre, depender  integralmente e manter um relacionamento com Deus íntimo e constante.
        Esse fato também nos ensina que, mesmo prevenido pelo Mestre, mesmo tendo andado ao lado de Jesus, falhou e nada disso foi forte o suficiente para impedir Pedro de O negar.
        O texto bíblico nos mostra como Pedro caiu, como por 3 vezes disse não conhecer seu Mestre. Um momento triste...
Depois que se lembrou do que Jesus disse que aconteceria, sua atitude foi de profunda tristeza. Ele chorou amargamente.
Ainda bem que chorou amargamente revelando sua tristeza pelo seu arrependimento.
Ainda bem que aprendeu que estar com Jesus vai além de andar ao lado apenas.
        Que esse fato nos ensine a buscar dia a dia uma intimidade maior com o Senhor e pedir que Ele nos ajude a permanecer firmes.

Jussara

Setembro/2016

segunda-feira, 20 de junho de 2016


Andar Junto
“Andarão dois  juntos, se não houver entre eles acordo?” Amós 3:3

       Andar junto, um ao lado do outro.
Andar junto, um sendo companheiro do outro.
Andar junto, um apoiando o outro.
Andar junto requer respeito e paz, sabedoria, troca, bondade...
       Impossível continuar andando junto quando existe desavença, desconfiança, egoísmo...
       O Senhor Deus fala a Israel esta verdade num momento que o povo vivia afastado d’Ele – “Porque Israel não sabe fazer o que é reto, diz o Senhor, e entesoura nos seus castelos a violência e a devastação” Amós 3:10.
       Não gostamos de estar sós, mas muitas vezes agimos de forma que afastamos quem está ao nosso lado. O Senhor pode nos ajudar a ter atitudes que nos aproximem e fortaleçam nossa convivência com quem está ao nosso lado. Andar junto, viver em acordo com quem nos cerca, ter companheiros, amigos verdadeiros, é muito bom!
É o que devemos desejar e cultivar!
       Busquemos o Senhor para nos ajudar!
Jussara
Junho/2016

segunda-feira, 13 de junho de 2016


“Quem é o Rei da Glória?
O Senhor, forte e poderoso,
O Senhor, poderoso nas batalhas.
...
Quem é esse Rei da Glória?
O Senhor dos Exércitos,
Ele é o Rei da Glória.”
Salmo 24: 8 e 10
        O Rei da Glória, o Rei dos Reis...
O Senhor, nosso Deus.
        Nossos tempos estão conturbados. Nosso momento é de relativização, de conceitos baseados em opiniões próprias, de valorização da opinião de famosos e não de estudiosos. Um tempo confuso.
        O povo de Israel enfrentou muita coisa, muitas situações adversas, muito perigo, muita dor. Vemos na história do povo de Deus que o Senhor esteve ao lado dele sempre. O Senhor sempre cuidou, disciplinou, amparou, socorreu, fortaleceu, instruiu...
O Senhor fortaleceu o exército nas batalhas para a vitória quando a derrota era certa, o Senhor removeu os obstáculos quando precisaram do milagre, o Senhor alimentou o povo mesmo no deserto, Ele foi sempre presente no cuidado.
Quem é o Rei da Glória?
Deus, o Senhor.
        Nossos dias são de crise, mas o Senhor é forte e poderoso. Toda vez que o povo de Israel se colocava nas mãos do Senhor e fazia a vontade d’Ele, recebia o que precisavam. O Rei da Glória socorria e estava presente.
        Nossos dias são de crise porque está nas mãos do homem. O Rei da Glória pode nos socorrer e principalmente nos ensinar que o reino d’Ele não é aqui.
Quem é o Rei da Glória?

O Senhor que pode mudar nossa visão e nos ajudar a viver fazendo a vontade d’Ele sempre. 

terça-feira, 8 de março de 2016

Parabéns mulheres!
Foto do meu jardim virtual 

        Um bom momento para reflexão, para fortalecer convicções.
        Na Bíblia temos vários exemplos a serem seguidos e no nosso convívio podemos aprender muito com várias mulheres que fazem ou fizeram parte da nossa vida.
        Para sermos mulheres sábias, a atitude de estar sempre aprendendo é fundamental.
        Em Provérbios 31, o sábio Salomão descreve a mulher virtuosa – que ela seja um alvo para nós. Em Juízes 5, vemos o exemplo de Débora, que assumiu uma responsabilidade enorme confiada no Senhor. Em I Samuel 1, vemos Ana que pediu ao Senhor um filho, com o coração disposto a dedicá-lo ao Senhor.
        Nos evangelhos encontramos Maria, mulher escolhida pelo Senhor, sabia ouvir, sabia esperar – via os fatos, mas guardava no coração até o momento de entender, sabia reconhecer que precisava do Salvador. Mulher humilde e corajosa.
        Muitas outras mulheres citadas na Palavra são exemplos para nós! E muitas mulheres que convivemos são exemplos também, mulheres reais, mulheres que falham, mulheres como nós. Elas passam e passaram por nossas vidas sempre deixando um legado e dele vamos construindo nosso eu.
        Aprendi com elas a amar a Deus, a ser boa esposa, boa dona de casa, boa mãe, boa sogra. Elas também me ensinaram a usar as minhas mãos para a música, para as artes, para cozinhar  e para servir ao Senhor.
        Refletindo hoje, pensando nas mulheres da minha vida, vejo que o ensino delas sempre foi e é forte, fundamental, pois está ligado diretamente ao que sou.
E assim somos nós!
Que sejamos, então, influência boa para as mulheres que convivem conosco!   

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016



DEPOIS DO NATAL
“Foram apressadamente...” Lucas 2:16


        O natal passou, um novo ano começou.
E começamos tudo de novo!
É a crise, monte de coisas para pagar em janeiro, emagrecer, tratar o mal estar por causa dos excessos, dar início a propósitos feitos...
E entramos na rotina .
        Que diferença fez o natal?
Os enfeites já foram guardados, as luzes apagadas, a sensibilidade adormecida.
        A Bíblia nos conta no evangelho de Lucas, capítulo 2, versículos 8 a 15, como o nascimento de Jesus foi anunciado aos pastores, eles largaram tudo e foram conhecer o menino, a prova viva do imenso amor de Deus!
        Depois daquela visita eles voltaram “glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto...” (verso 20)
O nascimento de Jesus fez diferença para a vida daqueles pastores. E para nós? Que diferença fez termos comemorado mais um natal?
        Mais um ano iniciamos, janeiro chegou depois do natal, depois de mais um natal em nossas vidas, aceite o desafio de viver esse novo ano glorificando e louvando o Senhor Jesus, assim como os pastores.
Depois do natal é para ser diferente!
Depois do natal é para ter mais de Cristo em nosso viver.
        Feliz 2016 com Jesus!

Jussara

Janeiro de 2016

terça-feira, 22 de dezembro de 2015



         Comemore o Natal!
Sabemos que não foi dia 25 de dezembro, não sabemos muitos detalhes, mas sabemos que “o verbo se fez carne e habitou entre nós”(João 1:14 )
Sabemos que Jesus nasceu em Belém!
Sabemos que Ele veio ao mundo para possibilitar nossa salvação, para nos encher de esperança da vida eterna.
Podemos comemorar!
Devemos comemorar!
        Jesus é o melhor presente, presente dado por Deus a nós que não merecíamos nada.
        As luzes devem nos lembrar que Jesus é a verdadeira Luz!
O presépio deve nos ensinar a humildade.
A estrela deve ascender em nosso coração o desejo de exaltar o Senhor, de proclamar sempre que Jesus nasceu.
Os pastores nos ensinam que devemos adorar a Deus e os magos, os grandes sábios da época, ensinam que o Senhor é maior que tudo e todos.
        Comemoremos o Natal!
E junto com amigos, com familiares, com comida gostosa, troca de presentes e muitas luzes nos lembremos de agradecer muito por Jesus ter nascido em Belém.
        Um feliz natal!
E que a presença do Senhor Jesus, a razão do Natal, seja constante por todo o ano de 2016.

Jussara
Dezembro, 2015

sexta-feira, 23 de outubro de 2015


Só com Deus há vitória!

            Em Lucas 3:21 e 22 lemos sobre o batismo de Jesus.
Ele foi batizado por João, no rio Jordão.
No momento do batismo houve a manifestação da Trindade: ouviu-se uma voz do céu que disse Tu és meu filho querido e me dás muita alegria;
Jesus, o filho, estava ali e o Espírito Santo desceu sobre Ele em forma de pomba.
        Jesus orava sempre, buscava forças no Pai, contava com a presença constante do Espírito Santo. Ele tinha intimidade com o Senhor. Enquanto viveu neste mundo estava limitado a natureza humana.
        Depois, Ele foi para o deserto e ali foi tentado pelo diabo. Enfrentou dias de ataques do inimigo!
Enfrentou a tentação cheio do Espírito Santo e com a Palavra de Deus!
        Enfrentamos tentações a todo instante:”... o diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar” I Pe 5:8
Jesus nos dá exemplo nessa situação também.
        Em Tiago 4:7 somos advertidos a nos sujeitar a Deus e resistir ao diabo. Como vamos resistir aos ataques constantes do diabo?
Jesus nos ensina o caminho – a busca do Senhor.
Nesse texto, lemos também que devemos nos sujeitar a Deus.
Sujeitar como?
Buscando, obedecendo, achegando, dependendo, amando acima de todas as coisas...
        Se Jesus precisou estar ligado a Deus, estar cheio do Espírito Santo para enfrentar o inimigo, quem somos nós para achar que podemos viver sem intimidade com o Senhor e assim, despreparados, enfrentar as investidas do diabo?
Só com Deus há vitória. Busquemos, então, ao Senhor.